Testemunhas de Jeová — Seita ou Religião?

Postado na(o)
  • domingo, 11 de março de 2012
  • escrito por
  • Eduardo G. Junior
  • nos
  • Marcadores:
  • Testemunhas de Jeová — Seita ou Religião?

    por Eduardo Galvão


    SEITA, TESTEMUNAHS DE JEOVÁ, RELIGIÃO, SÃO, UMA
    Muitas pessoas do meio religioso costumam se referir às Testemunhas de Jeová como seita ao invés de religião. Quando eu estudava a Bíblia com as Testemunhas de Jeová, aprendi o que deveria dizer caso alguém me acusasse de fazer parte de uma seita. Primeiro, perguntaria o que a pessoa entende pela palavra “seita” e como normalmente a pessoa nem sabia o significado dessa palavra, eu passava a mostrar que o conceito que as Testemunhas de Jeová têm sobre seita não corresponde com as características da religião.

    No livro Raciocínio à Base das Escrituras, um manual de como defender as doutrinas das Testemunhas de Jeová durante a pregação sugere a seguinte defesa:
    Há os que definem seita como um grupo que se desagregou de uma religião estabelecida. Outros aplicam o termo a um grupo que segue determinado líder ou mestre humano. O termo geralmente é aplicado de forma depreciativa. As Testemunhas de Jeová não são uma ramificação de alguma igreja, mas entre elas há pessoas procedentes de todas as rodas da vida e de muitas formações religiosas. Não consideram nenhum humano como seu líder, mas unicamente Jesus Cristo. (rs p. 386 par. 5)
    No entanto, respondendo resumidamente a pergunta da postagem, podemos dizer que “depende do conceito que você tem sobre seita”.

    A palavra “seita” vem do substantivo em latim secta (a forma feminina de um particípio passado variante de sequi, significando “seguir”), ou figurativamente uma maneira (prescrita), o modo ou forma e, portanto, método, uma disciplina ou escola de pensamento, tal como definido por um conjunto de métodos e doutrinas.

    O dicionário Michaelis define:
    sf (lat secta) 1 ant Qualquer escola filosófica, cujas doutrinas ou métodos divergiam dos seguidos geralmente. 2 Ramo dissidente de uma igreja estabelecida, e portanto considerado herético. 3 Rel Grupo dentro de uma comunhão religiosa principal, cujos aderentes seguem certos ensinamentos ou práticas especiais. 4 Grupo de pessoas que seguem determinados princípios ou doutrinas, diversas dos geralmente aceitos no respectivo meio. 5 Teoria de algum professor célebre, seguida por muitos prosélitos. 6 pop Bando, facção, partido.
    Poderíamos encher essa postagem com várias definições, mas isso não será necessário, pois basicamente as definições variam e ao mesmo tempo se assemelham às determinadas características. Além dos dicionários, existe a definição popular, o significante popular, a imagem acústica que vem à mente das pessoas ao ouvirem a palavra “seita”.

    Convenhamos que a palavra “seita” é entendida modernamente como algo pejorativo, uma forma de inferiorizar determinado grupo religioso, assim como de lançar medo nas pessoas de ter contato com o mesmo. Normalmente, quando falamos a palavra “seita” pensamentos logo na palavra “satânica” como complemento da mesma.

    Em muitos países, as Testemunhas de Jeová são oficialmente consideradas como religião, como é o caso do Brasil, assim como também são consideradas seitas, como na Rússia. Basicamente, como ex-membro, posso dizer que as TJs não têm aquelas características de seitas que estamos acostumados, um líder louco dizendo que seus seguidores serão abduzidos por um disco voador, ou alegações de receber mensagens espirituais, viver isoladas do mundo, e possuir rituais estranhos. Nada disso figura entre elas.

    No entanto, alguns traços histórico-sociológicos das seita podem ser encontrados entre elas. Normalmente, essas são algumas das características que circundam as seitas ao redor do mundo, tanto cristãs como não-cristãs.

    §1. Exclusivismo
    §2. Privações
    §3. Isolacionismo
    §4. Submissão Absoluta
    §5. Apocalipcismo
    §6. Santidade ou Promiscuidade

    Iremos dividir esse estudo em várias postagens para vermos em detalhes cada um desses pontos aqui mencionados.

    §1. Exclusivismo

    Normalmente, as seitas se veem como únicas, a única forma aceitável de uma pessoa ser salva, de obter o conhecimento da verdade seria através delas. Tendo isso em mente, vejamos o seguinte comentário das TJs. Se referindo à Organização das Testemunhas de Jeová e mostrando que Deus usa apenas essa organização religiosa e que as demais são falsas religiões, a Sentinela diz:
    Esta é a única organização que ele [i.e Deus] usa, e, se nós mesmos estivermos convencidos disso, deveremos poder ajudar outros enfraquecidos na fé. (w76 1/5 p. 279 par. 19)
    Note que a palavra “única” está em itálico. Esse destaque não foi dado por mim, está na própria revista; em outras palavras, as TJs estão dizendo SOMOS ÚNICOS, exclusivos, Deus não tem tratos com mais nenhuma outra religião.

    §2. Privações

    Dentro das TJs existem, pelo menos, quatro tipos de privações: as impostas pela Bíblia, as impostas pela Organização religiosa e as impostas pelos outros e as impostas por nós mesmos. Irei alistar rapidamente algumas das privações da religião e em postagens futuras irei falar mais detalhadamente sobre elas.

    §3.a Impostas pela Organização

    2.1 Não deves comemorar o Natal
    2.2 Não deves comemorar Aniversário
    2.3 Não deves ter barba
    2.4 Não deves fazer universidade
    2.5 Não deves falar com ex-membros da religião
    2.6 Não deves ler livros que não sejam publicados por nós
    2.7 Não deves fazer transfusão de sangue
    2.8 Não deves se masturbar
    2.9 Não deves fazer sexo oral ou anal com sua esposa
    2.10 Não deves doar orgãos

    As impostas pela Bíblia são praticamente as mesmas impostas em outras religiões cristãs. Fora essas, existem as privações impostas por membros da própria religião, por questões locais. Uso como exemplo a congregação que eu fiz parte. Irei alistar algumas das coisas que os anciãos criticavam fortemente, praticamente forçando você a não fazê-las:

    1. Fazer musculação [Ter o corpo sarado era indício de mentalidade mundana]
    2. Surfar [Qualquer esporte radical por ser esporte de vagabundo]
    3. Usar internet [Você poderia ver imoralidade ou ler coisas contra a religião]
    4. Ir à praia no feriado [Porque feriado é dia de ir pregar de casa em casa]
    5. Torcer por algum time de futebol [Idolatria]
    6. Usar camisa de banda de rock [Idolatria]

    Fora essas privações, existem aquelas que colocamos em nós mesmos devido a “nossa consciência treinada pela Bíblia”, e, nesse caso, a coisa se torna infindável.

    § 3. Isolacionismo

    De fato, as TJs não vivem isoladas geograficamente. O isolamento das TJs é social. O convívio que uma TJ mantêm com uma pessoa não-TJ é o básico do básico. Elas se isolam socialmente, pois são exortadas a amarem quem ama a Jeová, nesse caso, esfriam todos os vínculos com amigos e familiares que não são da religião. Eu, particularmente, me isolei da toda minha família e amigos de infância e adolescência. Alguns irmãos que conheci, durante os 12 anos que fui da religião, fizeram o mesmo, se isolaram socialmente. Uma das pessoas que eu ajudei a se tornar TJ se isolou da família, brigou com a irmã pois a mesma era católica e até mesmo no dia em que a irmã faleceu, eles não tinham praticamente qualquer vínculo, exceto o sanguíneo. Esse amigo saiu da religião junto comigo e hoje ele visita o túmulo da irmã sempre para pedir perdão por ter estragado a relação familiar por causa do fanatismo pregado entre as Testemunhas de Jeová.

    Muitos jovens, na idade escolar, entram na sala de aula e não conversam com ninguém. Outros conversam apenas o essencial com seus colegas de trabalho. Uma das ilustrações feitas pela religião para incentivar essa postura é de que as pessoas do mundo estão simbolicamente contaminadas com o espírito do mundo e para não nos poluirmos, devemos nos manter afastados delas. Veja o comentário em uma de suas revistas:
    COMO você se protegeria se soubesse que uma epidemia mortal está assolando a região onde mora? Com certeza fortaleceria seu sistema imunológico e ficaria longe de pessoas contaminadas. Devemos fazer o mesmo em sentido espiritual. As Escrituras nos dizem que o anticristo “já está no mundo”. (1 João 4:3) Se quisermos ficar livres de “contaminação”, precisamos identificar os “portadores da doença” e evitá-los. Ainda bem que a Bíblia nos dá muitas informações sobre esse assunto. (w06 1/12 p. 4)

     Veja a continuação desse estudo: Cf. Submissão Absoluta entre as Testemunhas de Jeová
    5 comentários:
    1. Resumindo, as testemunhas de jeová são seita. 1º Pq tem Fontes de Autoridade Extra Bíblicas;Este ponto leva uma seita a dizer e tentar provar aquilo que não é verdadeiro e, especialmente, não é bíblico. O próprio caráter de Deus é atacado. (2Tim 3:1-17; 2Ped 1:19-21)
      2º Negam a Real Divindade de Jesus Cristo.
      Negar que Jesus é o Deus altíssimo, incriado, criador de tudo, eterno e todo-poderoso, é negar a autoridade das Escrituras e a necessidade de obedecer a Deus. Muitos chamarão Jesus de o filho de Deus, de um dos deuses, mas não o chamarão de o Deus altíssimo, incriado, criador de tudo, eterno e todo-poderoso. Seu nascimento virginal e Sua eternidade são atacadas.(João 1:1, 14; 10:26-33; 14:8-9)
      3ºEnsinam que a Expiação-Propiciação de Cristo não foi Total nem foi Suficiente.
      As seitas pseudo cristãs usam esta artimanha para fazerem seus membros trabalharem sem nunca terem real sossego, e para escravizá-los aos minuciosos padrões criados pelas seitas, assim mantendo controle sobre seus membros.(João 19:30; Heb 9:8-16)
      4ºEnsinam que a "Organização ou "Denominação" Deles tem um Papel Central na Profecia dos Últimos Dias.
      Esta artimanha é usada para provar que é a denominação deles que saudará o retorno de Deus ou de Cristo ao mundo. Ademais, isto adiciona uma falsa legitimidade [ou mesmo exclusividade] à seita deles.(Ap 7:4-8)

      Ensinam que a "Organização ou "Denominação" Deles é a Única Organização a ser Salva.
      Se você não é um membro da denominação deles, então não há escape: você não está salvo, não está indo para o céu. Isto piora ainda mais a idéia de se esforçar trabalhando para obter a salvação pelas obras (sem nunca ter segurança total), piora os falsos ensinos, etc.(João 3:16; Rom 10:8-10, 13)

      ResponderExcluir
    2. É vergonhoso da sua parte colocar coisas sobre as Testemunhas de Jeová no seu blog sem ter a mínima instrução do que está a dizer. Sentenças apresentadas sobre os que as Testemunhas de Jeová não devem fazer é um absurdo da sua parte. Fico triste de difundir conceitos erróneos sobre as Testemunhas de Jeová.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. "É vergonhoso da sua parte colocar coisas sobre as Testemunhas de Jeová no seu blog sem ter a mínima instrução do que está a dizer"

        Fui Testemunha de Jeová e da dianteira por 12 anos. Sei exatamente o que estou dizendo. Quem não deve saber é você, pois não falou nada contra-argumentando o que eu disse na postagem.

        "Sentenças apresentadas sobre os que as Testemunhas de Jeová não devem fazer é um absurdo da sua parte."

        Absurdo é você achar que todas as congregações das Testemunhas de Jeová são iguais. Algumas das coisas que alistei estão nas pubicações, só se você não saiba ler ou então não seja uma TJ informada, não irá concordar. As outras coisas deixei claro que são proibições que os anciãos locais colocam, e isso varia, piora ou melhora de congregação para congregação.

        "Fico triste de difundir conceitos erróneos sobre as Testemunhas de Jeová."

        Mais triste ainda fico eu quando as pessoas deixam a honestidade de lado apenas para sustentar uma religião, um credo, a ponto de cometer e ensinar atrocidades com as que são ensinadas ali.

        Excluir
      2. Sinto muito em lhe informar Eduardo .mas só o fato de nao falarem e nem pregarem o E.Santo ja nao é um bom sinal. e onde está a mae de Jesus. vcs nao acreditam mas o dia do juizo final todas as falsas religioes e os que estiverem nelas tera que Prestar conta a Deus e a seu filho. Tais coisas absurdas que sao praticadas dentro desses Saloes do reino qua nao é biblico. tais como a santa ceia de Cristo a oraçao em linguas ETC que a Unçao do Espirito santo lhe abra os olhos para nao perecer diante do criador...que Deus lhe abencow

        Excluir
    3. Eduardo G. Junior
      Sou crente.
      Andei muitos anos com as tj, procurei e estudei as mais diversas organizações religiosas. Com isto tudo,e passados mais de 30 anos, só uma conclusão, o cristianismo é uma confusão.É aquela babilonia que os cristãos tanto gostam de chamar uns aos outros. eheheh
      Apesar disto, continuo estudando e tentando compreender as escrituras.Não consigo abandonar a crença de Um Criador que está no controle disto tudo.
      Este blog é muito bom. Parabéns.

      ResponderExcluir

    Antes de comentar, queira ler os artigos Critérios para se Aprovar Comentários e Respostas à Alguns Comentários. Obrigado pela visita e pela participação!

     
    Copyright (c) 2013 Por Que Não Creio.
    Política de Privacidade: Texas Phone Lookup