sábado, 1 de janeiro de 2011

Posted by Eduardo G. Junior In , , | 12 comments
Em que Dia Jesus Ressuscitou?
por Eduardo Galvão


Ressurreição de Jesus
Na maioria das vezes as discrepâncias bíblicas estão muito bem escondidas. Por exemplo, já parou para meditar na pergunta tema de nossa postagem? Você já dedicou tempo para paragonar todos os textos do Novo Testamento que falam da ressurreição de Jesus?

Hoje iremos analisar o problema neotestamentário relativo ao tempo que levou para a ressurreição de Cristo. Quanto tempo ficou Ele na sepultura e em que dia Ele foi levantado dentre os mortos.

A questão dessa problemática em si se deve basicamente a uma preposição e um advérbio gregos. Alguns textos dizem que Cristo foi levantado DEPOIS de três dias. Ou seja, no QUARTO dia Ele foi levantado dentre os mortos.

Outros textos dizem que NO terceiro dia, ou seja, ANTES DE TERMINAR o terceiro dia, Cristo recebeu vida novamente. Vejamos de perto como o Novo Testamento cita essa doutrina cristã.

Usando a famosa história de Jonas, no qual o dito cujo foi engolido por um grande peixe, Jesus ensinou aos seus discípulos:

“Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do enorme peixe, assim estará também o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra.” (Mt 12:40)
Aqui vemos a expressão grega τρεις ημερας και τρεις νυκτας “três dias e três noites” que denota o TÉRMINO do terceiro dia, sendo assim a ressurreição no início do QUARTO dia.

“. . .“Senhor, lembramo-nos de que esse impostor dizia, enquanto ainda estava vivo: ‘Depois de três dias eu hei de ser levantado.’” (Mt 27:63)

“. . .Pois estava ensinando os seus discípulos e dizia-lhes: “O Filho do homem há de ser entregue às mãos dos homens, e matá-lo-ão; mas, embora seja morto, será levantado três dias depois.”” (Mr 9:31)

“. . .“Demoli este templo, e em três dias o levantarei.”” (Jo 2:19)

Em Mt 27:63 e Mc 9:31 Jesus é levantado DEPOIS (Gr.: μετα) de três dias, ou seja, no QUARTO dia. Embora João 2:19 não use a palavra μετα (“depois”) para se referir às palavras de Cristo sobre o dia da Sua ressurreição, João diz “em” (Gr.: εν). Ao dizer “em três dias” (Gr.: εν τρισιν ημεραις) João implica em dizer que apenas depois de 72 horas [três dias] é que Cristo se levantaria, sendo Sua ressurreição, assim, no QUARTO dia, estando em harmonia com os textos já citados.

No entanto, esses textos vão de encontro a dois textos bíblicos, que são a base da contradição. As outras duas referências dizem literalmente NO terceiro dia:

“. . .Assim está escrito que o Cristo havia de sofrer e de ser levantado dentre os mortos no [Gr.: τη] terceiro dia,” (Lu 24:46)

“. . .e que ele foi enterrado, sim, que foi ressuscitado no [Gr.: τη] terceiro dia, segundo as Escrituras;” (1Co 15:4)

A preposição τη transmite a ideia do acontecimento DENTRO do terceiro dia, o terceiro dia ainda estando em andamento e não DEPOIS dele, levando assim os relatos a se contradizerem.

Afinal, em que dia Jesus ressuscitou, NO terceiro dia ou DEPOIS de três dias?

12 comentários:

  1. jeus e tudo que nos tem na nossa vida sem eli não temos nada não saos ninguem pedro henrique costa silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha nossa! Ainda estou tentando desvendar o que você escreveu.

      Excluir
    2. muito bem Jesus ressucitou no terceiro dia sim. O entendi o texto como uma questão muito abrangente das escrituras, porque fica no ar a ressurreição ocorreu em dias e horas. Ao entender os versículos bíblicos o foco não está nas hora e sim na data. Ex. se uma pessoa morre na data de hoje, amanhã contará o segundo dia de falecido, preste atenção estou falando em data e não em horas. É que para fins de documentos é contado a data e não horas. exemplifico a igreja católica romana faz a missa de sétimo dia veja como é feita a contagem data de morte, se na quarta a missa será na próxima sexta para alma do morto. Por isso fico com os textos que diz que Cristo ressucitou ao terceiro (ao), em 1Co 15.4, mais o que importa é que Ele está vivo o restante é estudo.
      Marcelo bacharel em Teologia

      Excluir
    3. “Muito bem Jesus ressucitou no terceiro dia sim.”

      R.: Então está bem, você falou está falado.

      “O entendi o texto como uma questão muito abrangente das escrituras, porque fica no ar a ressurreição ocorreu em dias e horas. Ao entender os versículos bíblicos o foco não está nas hora e sim na data.”

      R.: No entanto, uma “data” é constituída de “horas”. Em nenhum canto comentei que o texto bíblico tem que ter dito que Jesus morreu às 3 da tarde, etc, etc. Mas existe uma diferença gigantesca entre dizer que alguém morreu “hoje” ou “ontem”.

      “Ex. se uma pessoa morre na data de hoje, amanhã contará o segundo dia de falecido, preste atenção estou falando em data e não em horas.”

      R.: Como é? Nossa, não sei onde você viu isso. Lhe desafio a postar aqui qualquer documentação onde afirme que, uma pessoa que morreu ontem, hoje vai contar dois dias. Esse argumento é simplesmente ridículo. Gaste um pouco do seu tempo para estudar outras coisas além da Bíblia. Um corpo que é liberado do IML, ou em um Hospital normal, tem a hora exata da morte precisamente documentada.

      “É que para fins de documentos é contado a data e não horas.”

      R.: Cade a referência? Não dá para você postar um comentário aqui só com suas palavras, uma vez que não estamos lidando com uma autoridade no assunto. Na verdade, como mencionei acima, se você parar de gastar um pouquinho do seu tempo de estudar a Bíblia e for estudar outras coisas, verá que a morte de uma pessoa é documentada em detalhes, com data e hora precisamente.

      Totalmente contrário ao que você está leigamente dizendo, o Portal Médico diz claramente: “Art. 2º A data e hora registradas na Declaração de Óbito serão as mesmas...”.

      Então disse que você disse de que “para fins de documentos é contado a data e não horas”, é balela, isso é falta de conhecimento da medicina legal.

      “Exemplifico a igreja católica romana faz a missa de sétimo dia veja como é feita a contagem data de morte, se na quarta a missa será na próxima sexta para alma do morto.”

      R.: O que a Igreja Católica faz dessa contagem não é uma referência para mim. O que a Igreja Católica faz é uma referência para você? A igreja Católica comemora a Páscoa em uma data errada, a Igreja Católica comemora o Natal que nada tem a ver com Cristo, a Igreja Católica diz que o sétimo dia é o Domingo. Então ela fazer uma contagem errada de sétimo dia para mim está tão errada quanto as anteriores.

      “Por isso fico com os textos que diz que Cristo ressucitou ao terceiro (ao), em 1Co 15.4.”

      R.: Sinta-se à vontade para ficar com o que você quiser, você mora em um país de livre expressão. Você fica com o texto de 1 Coríntios 15:4 que diz foi dentro de 3 dias, o que contradiz Marcos que diz que foi DEPOIS de três dias: “O Filho do homem há de ser entregue às mãos dos homens, e matá-lo-ão; mas, embora seja morto, será levantado três dias depois.” (Mr 9:31)

      “Mais o que importa é que Ele está vivo o restante é estudo.”

      R.: Contra fé nada posso falar. Eu também acredito que Pélope ressuscitou dos mortos, assim como Tamuz e no entanto para você isso é tolice, correto? ;-)

      “Marcelo bacharel em Teologia”

      R.: Meio que desnecessário dizer isso. Hoje em dia o que tem na internet de curso gratuito de bacharel que nem reconhecido pelo MEC é não se conta nos dedos.

      Excluir
  2. Boa tarde, Administrador.
    Comentários como esse acima, me deixa muito triste.
    Pense: é proposto um debate importantíssimo e que no mínimo atiçaria a mente de uma pessoa normal a pesquisar e dar opiniões abalizadas, centradas, por se tratar de um ponto base de sua fé, e a pessoa abre a boca para falar meia dúzia de abobrinhas.
    Vejo que o mundo evangélico está mal representado e Deus possivelmente deve estar muito decepcionado.
    Enquanto eu era cristão fundamentalista, como você, eu já ficava triste de ver como as pessoas no meu meio não liam, estudavam ou sequer refletiam nas coisas que ouviam.
    Hoje vejo que a ignorância é proposital é imposta, pois é mais fácil lidar com um povo que não pensa e isso pelo que vejo é um padrão de todas as igrejas.
    Hoje me sinto liberto, pois o estudo e a reflexão me fizeram ver as coisas com clareza, acredito que por isso me identifico tanto com os seus textos, que sempre são claros e lógicos e é a principal característica da verdade, ser lógica.
    Hoje quando comento algo que li aqui com algum evangélico a reação é sempre a mesma, fico pareçendo o anticristo, e já cansei de ouvir o bordão "o pior cego é o que não quer ver" mas se esqueçem que há um cego ainda pior, “aquele que pensa que está vendo”, é o caso desse descerebrado aí de cima. Penso que se o seu líder religioso pregar que ele tem que matar os “infiéis” e usar alguma passagem da biblia, ele sairá matando a todos como um soldado insano.Aliás a historia esta repleta de relatos assim.
    Sempre lhe parabenizo pelos seus textos e lhe peço a não desanimar.Continue nessa árdua luta pelo esclarecimento da verdade.
    Sinceramente, de seu amigo.

    Pacheco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pacheco,

      Te enviei um email recentemente, você recebeu? Concordo plenamente com você, como comentei acima, eu ainda não entendi direito o que ele quis dizer.

      Tenho oportundiades de conversar com outros religiosos sobre isso, no entanto, o princípio fundamental para buscar a verdade é ter o coração aberto, sem conceitos e preconceitos, mas a maioria desses religiosos se fecharam por completo; dessa forma, por melhor que seja seu argumento, o ponto chave é que eles já decidiram no coração que estamos errados.

      A esperança que eu ainda tenho no coração é que aconteça com eles o que aconteceu comigo e você. Eu era 101% fechado para o secularismo, mas foi a vida que, aos poucos, me foi ensinando que as coisas não são como eu acreditava ser.

      Abç!

      Excluir
  3. Tira para mim uma dúvida: Jesus foi enterrado no início do sábado (Lucas 23.54) e ressuscitou no início do domingo (Mc 16.2)! Foi 24h = 1dia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se fornece os detalhes de horas para se determinar se foi 24 horas = 1 ou menos.

      Excluir
  4. Muito interessante , mas cadê os textos que dizem que ele foi enterrado na quinta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe no Novo Testamento os termos Quinta, ou Sexta ou mesmo Domingo... o que existem são termos cronológicos sob os quais usamos para determinar alguma coisa relacionado ao mesmo.

      Excluir
  5. Anônimo disse: "buda de cu é rola. Jesus é o caminho a verdade e a vida!"

    Você publica isso ai, mas deleta o meu comentário "lógico e embasado"!

    Clóvis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você definitivamente ou não sabe ler, ou tem alguma dificuldade de compreensão textual, ou quem sabe cognitiva.

      O anônimo disse: "buda de cu é rola. Jesus é o caminho a verdade e a vida!"

      Eu respondi:

      "Eu fiz questão de aprovar seu comentário, o comentário de um cristão, para mostrar vossa educação e o poder de argumentação. Com esse argumento você ainda vai convencer muitas pessoas... a abandonar o Cristianismo."

      Esse anônimo que comentou essa infâmia se considera tão cristão quanto você, e tanto quanto você, acha que está certo, que a Bíblia não se contradiz, que o Cristianismo é a única forma de religião verdadeira. Aprovei o comentário dele para mostrar como os religiosos fanáticos ficam quando não sabem o que dizer.

      Você ACHA que seus comentários são lógicos e embasados, não obstante, você não faz referência à nenhum livro, nenhum erudito, nenhuma obra de referência, tudo vem da sua cabecinha linda que acha que conhece a verdade das verdades e que o mundo inteiro está perdido.

      Muitas pessoas têm lido seus comentários, Clóvis, inclusive cristãos, e até agora não vi ninguém dizer que seus argumentos esclarecam qualquer contradição que foi postada. Afinal, você supostamente conseguiu resolver dificuldades bíblicas que os mais renomados eruditos em todo mundo da teologia acadêmica não têm conseguido, só acho estranho você estar no anonimato, por que será?

      Alguns artigos aqui são recheados de dezenas de referências, outros eu dedico semanas à fio pesquisando os dois lados da moeda, e depois de fazer um texto com toda imparcialidade, com todas as fontes disponíveis atualmente, você simplesmente comenta que está tudo errado e começa fazendo essas comparações esdrúxulas sem pé nem cabeça que só serve para alimentar sua pseudo fé.

      Excluir

Antes de comentar, queira ler os artigos Critérios para se Aprovar Comentários e Respostas à Alguns Comentários. Obrigado pela visita e pela participação!

Comentarios Recentes

Compartilhe este Artigo

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Search Our Site